Também somos vazio e solidão!

00:00:00

  Não,você não é o cara certo pra mim,nem tampouco eu sou a garota que você vai chamar de amor!

  O problema não é com você,muito menos comigo,na verdade não há problema algum e isso é motivo de frustração diante dessa natureza humana que adora caçar problemas onde não tem e até criar  alguns,afinal a gente tem que ter algo para reclamar e se queixar para as melhores amigas,não é mesmo?!
  Pronto,foi escrever esse trecho que o radar dos problemas apitou,problema à vista!!!
  Na verdade dentro de nós,há um lado vazio,sim,não somos tão cheios de tudo!
Há um lado vazio,que muitas vezes não percebemos,esse lado é aquele momento de reflexão,de se olhar no espelho e ver o que se passa lá dentro do olhar,definitivamente é um momento só nosso,a "solidão construtiva".

  Porém,como o "mundo" nos fala em relacionamentos a qualquer custo,em se sentir deprimido por estar sozinho,em sexo por mero prazer ou algo do gênero,acabamos por entender esse "lado vazio" como um problema,nesse momento inicia-se um processo que não nos faz nada felizes.
  Encaramos a "solidão" necessária para estar em paz conosco mesmo como algo que precisa ser preenchido por outro alguém.Começa aí a "luta" para encontrar o "par perfeito","príncipe encantado","homem ideal" e tantas outras definições que aquele que irá preencher o que nos falta assume.

  E nessa de desespero por achar que nos falta algo,deixamos o coração totalmente desprotegido,permitimos que os olhos da imaginação nos façam enxergar onde não tem e pronto.
  Nos apaixonamos por tudo o que teoricamente seria um futuro lindo,criamos as trágicas comédias românticas da vida real,amores platônicos,nos envolvemos demais,damos mais do que obtemos,choramos,sofremos,nos tornamos pessoas amargas e que aceitam a morte do amor como algo natural.

  E tudo isso por quê?!Porque no fundo o que a gente não sabe é lidar com o que acontece dentro de nós,porque não aprendemos a nos enxergar,confiamos em tudo o que "o mundo" diz ser o certo e não permitimos que o vazio ocupe o seu lugar dentro de nossas vidas.
  Porque precisamos desse vazio para repirar,assim como também precisamos de um pouco dessa "solidão construtiva" para responder as nossas questões pessoais,para entender o porquê de tantos questionamentos e incertezas e para não sair desse lugar que está dentro de nós,chamado 'EU".
  Dê mais valor ao que você acredita e deixe de lado o que diz "a sociedade das hipocrisias românticas",se você acredita no amor,ótimo,não há nada de ruim acreditar na nobreza desse sentimento,se você está sozinha,aproveite para se curtir ainda mais e se você tem um amor saiba reconhecer que o outro assim como você precisa de momentos a sós com ele próprio,todos nós somos construídos de um pouco de vazios e solidões e não há nenhum problema nisso,muito pelo contrário,tudo isso faz parte do que somos.
Suelen Muniz

  Amor é lindo de falar,de ouvir e de sentir.Amor nos torna mais do que imaginamos,só consigo amar alguém de verdade quando me amo verdadeiramente,não posso buscar no outro aquilo que me falta,mas posso buscar em mim amor e dar amor a quem precisa.Eu não preciso de um amor para mostrar aos outros que me sinto bem,eu preciso me amar e com certeza os outros perceberão que em mim brilha uma luz diferente,a luz do Amor -próprio!
  O amor gira em tornos de vários questionamentos,nesse momento de minha vida gira em torno de mim e do que eu posso fazer pra que a minha vida tenha mais luz,pra que as trevas sejam só dias de saudade que se desmancham quando lembro do amor.
  Sou vida,sou amor,sou paixão,sou saudade,mas dentro de tudo isso sou um pouco de vazio e solidão!

amor_aos_pedacosEsse post faz parte da minha participação na Blogagem Coletiva Amor aos Pedaços,cujo tema são os Questinamentos da vida!Um movimento maravilhoso do qual estou adorando fazer parte,conhecer novas pessoas,fazer novas amizades,enfim.
Espero que todo gostem e que possam conferir as postagens dos outros queridos amigos!=)

You Might Also Like

62 Pensaram comigo,=)

  1. Eu creio que não podemos, não conseguimos, amar outra pessoa se não nos amarmos a nós próprios primeiro. O amor que tanto e nada é. É o amor simplesmente sente-se e não se explica! Adorei o post!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paulo!^^
      É exatamente isso,se não somos capazes de nos amar,então como seremos capazes de amar outro alguém?!
      abraço querido,=)

      Excluir
  2. oi Suu,

    amei sua participação,
    e concordo plenamente,
    como disse um amigo,
    os melhores beijos,
    são os nossos próprios beijos...
    se não estamos prontos para nos amarmos,
    não podemos direcionar esse amor a ninguém...

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rô,*___*
      Adorei o comentário,com certeza os melhores beijos,abraços e carinhos devem ser para conosco mesmo e só então poderemos direcioná-los a outro alguém.
      abraço querida,=)

      Excluir
  3. Oi Suu

    Bela participação! Lindo seu texto, um desabafo coerente, buscando compreender-nos, acabamos per ver tudo mais claro.
    Que o amor sempre sempre o motivo!

    Também estou na coletiva.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Van,
      A compreensão deve ser uma constante em nossas vidas,pois à medida que eu me compreendo certamente compreenderei as pessoas ao meu redor.
      Fico feliz em saber que vc também está nessa fase da blogagem,estou adorando os textos.
      Abraço Van,=)

      Excluir
  4. Olá Suu.

    Preencher o vazio interior com o autoconhecimento, é mergulhar na fonte dos problemas e das soluções. Se nem nos conhecemos, como conhecer o outro? Assim, as relações que deveriam ser o encontro de plenitudes, fazem-se o desencontro de vazios.

    Um grande abraço e um bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Antônio,adorei a sua colocação,é exatamente isso,quando falo que somos um pouco de vazio é pra que nós tenhamos ideia e saibamos lidar com o mesmo e não para que o vazio seja mais um problema.
      Quando passamos a olhar mais diretamente para o que acontece dentro de nós nos tornamos completos e não alguém que precisa de um outro para se completar.
      abração e uma ótima semana,=)

      Excluir
  5. Oi Su!

    De pé aplaudo e grito: Bravo! Bravo! Bravo!!!

    Adorei esta tua participação: sim, está na hora das pessoas se amarem mais e desprogramarem-se da lavagem cerebral que a sociedade fez (continua a tentar fazer). Só quando se amam é que podem verdadeiramente amar o próximo.

    Bravo!

    Olha, obrigada por teres visitado o meu blogue (Etnias: O Bisturí da Sociedade). És sempre muito bem-vinda por lá :D.

    Um abraço e bom fim-de-semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Max,
      Obrigada pela presença aqui no blog,seja sempre muito bem-vindo e espero que nos encontremos mais vezes.
      Fala-se tanto de amar o outro,amar o namorado,o amigo e tantas outras formas,mas nunca se fala em amar a si mesmo,pois o amor ao outro começa com isso,quando consigo me amar.
      Adorei teu texto,uma ótima semana,abraço,=)

      Excluir
  6. Excelente participação e concordo contigo, temos que aparender a lidar com o que acontece dentro da gente !
    Tenha um fim de semana bem gostoso, e muita paz no coração !
    http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/
    Beijo no ♥ !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lilian,
      Adorei teu texto!
      Uma semana cheia de paz pra vc também,=)

      Excluir
  7. Suellen
    Linda mensagem!
    Estamos juntas na BC-Amor aos pedaços - O que é amar!!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sandra,
      Essa blogagem está sendo maravilhosa!
      abraço,=)

      Excluir
  8. Suellen,

    Um sentimento tão lindo que está se esvaziando aos poucos.
    O mundo realmente nos faz acreditar a qualquer custo, que temos que estar dentro um relacionamento para sermos felizes. Então, eu sou prova do contrário. Claro que sinto falta de alguém ao meu lado, mas descobri que minha felicidade não pode depender de nenhum ser humano.
    Obrigada por sua visita. Gostei muito de lhe conhecer, nessa linda blogagem.
    Parabéns pela linda participação.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucinha,
      Obrigada por sua visita ao blog,seja sempre bem-vinda!
      Podemos ser felizes sem estar dentro de um relacionamento,podemos sim nos tornar nossa melhor companhia.
      Uma ótima semana,abraço,=)

      Excluir
  9. Oi Suu,
    eu adoro esses momentos de reflexão a sós. Coloco tanta coisa em ordem que teima em desarrumar diariamente.
    Como é possivel existirem pessoas que falam que não têm tempo para pensar? Que não se questionam e não dão espaço às outras para fazer o mesmo?
    Quando a cabeça encontra as respostas, tudo fica mais fácil e eficiente.
    Beijo além-mar.
    Rute

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rute,
      Refletir é sempre bom,também adoro esses momentos em que posso colocar as coisas no lugar.
      Incrível ter gente que acredita nisso,pois a maior qualidade de um ser humano é pensar.
      Abraço,=)

      Excluir
  10. Bom dia,Su!Nossa que texto lindo é bem isso mesmo, a gente não pode se perder dos nossa valores por causa das cobranças hipócritas da sociedade,mas é difícil viu, se é...
    Um ótimo começo de semana!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sibele!^^
      Obrigada,fico feliz que tenha gostado.Realmente é bem difícil diante dessa sociedade que tanto nos cobra,então a reflexão deve fazer parte dos nossos dias,pra que lembremos sempre de quem somos.
      Uma linda semana querida,abraço,=)

      Excluir
  11. °`♥✿✿⊱╮
    ♡¸¸.•
    Amei.
    Boa semana!
    Beijinhos.
    Brasil
    ¸.•°`❤✿⊱╮

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Inês,^^
      Fico feliz que tenha gostado,seja muito bem-vinda ao blog!
      abraço,=)

      Excluir
  12. Ei Suu,

    Ahhh, o amor, um sentimento tão completo que se torna tão vazio as vezes, buscamos algo que não encontramos, e nos perdemos em carência, solidão e sensibilidades deixando de lado o verdadeiro sentir, o maravilhoso de tudo que os questionamentos nos levam a compreensão e ao entendimento, nos fazendo trilhar em caminhos certos...

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cecília,
      como você citou procuramos o amor por aí,quando na verdade falta olhar um pouco mais pra dentro.
      Abração querida,:)

      Excluir
  13. Oi Suelen!
    Vim agradecer a sua simpática visita!
    As blogagens nos permitem conhecer mais pessoas e suas interessantes maneiras de pensar.
    É verdade, sempre existirão os vazios que nunca serão preenchidos por respostas, pois no constante aprendizado com a vida, com o amor as lacunas surgirão e nem sempre haverá quem responda, nem nós, nem os livros, nem as outras pessoas.
    As suas reflexões foram perfeitas, quantas vezes nos deparamos com esta inquietação.
    Seja bem vinda!
    beijinhos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi valéria,
      Também adoro participar dessas blogagens,pois além de nos permitir conhecer coisas novas também traz essa interação positiva com os outros participantes.
      Fico feliz que tenha gostado e é isso mesmo,ao longo de toda a vida sempre teremos perguntas,respostas,dúvidas,mas se soubermos lidar conosco mesmo com certeza as coisas terão outro rumo.
      Abraço,=)

      Excluir
  14. Nós somos tão complexas, pois ao mesmo tempo que queremos um príncipe, um romance, também queremos a realidade...
    O amor que buscamos nos livros, existe desde que seja com os pés no chão, deve se regar todo santo dia, deve entender, compreender e aturar o que vem pela frente.Afirmo que nada como o tempo para percebermos que a cumplicidade, o respeito e a amizade é que irão ficar, o restante passa...
    Participo da Blogagem Coletiva...
    Paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bel,
      Adorei o comentário,realmente estamos sempre com ideias opostas,mas temos que manter os pés no chão e encarar as coisas pelo lado da realidade.O amor,a cumplicidade e o respeito devem estar sempre presentes em nossa caminhada.
      Abraço,=)

      Excluir
  15. Oi, Suu...

    A solidão é muito necessária pra que a gente possa se conhecer e assim tomar uma atitude, principalmente qdo algo nos incomoda ou nos faz sofrer... Não é ruim estar solitária por um período na vida. O que não pode é colocar nossa vida nas mãos de outra pessoa. Isso é sofrimento garantido.

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Clara,colocar a nossa vida nas mãos de outra pessoa jamais!
      A solidão faz parte,mas também não deve ser levada como algo principal,ela tem os seus momentos de se fazer presente,sem exageros.
      Abraço,=)

      Excluir
  16. Acredito que a mulher idealiza muito o companheiro perfeito e aí qdo a gente descobre suas manias, seus defeitos ficamos questionando se vale a pena investir ou não em um relacionamento.
    Obrigada pela visita.
    Big beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lulu,
      Seja muito bem-vinda ao blog!
      É isso,há uma grande idealização e quando nos deparamos com a realidade não damos conta,acho que o melhor mesmo é termos sempre em mente que somos todos humanos,isso faz uma grande diferença ao entrar em um relacionamento.
      abraço,=)

      Excluir
  17. Querida Suu,

    mas que belíssimo texto!!!

    É tão verdade que só amamos verdadeiramente o outro quando nos amamos a nós próprios e quando guardamos o nosso espaço interior para nos sentirmos cada vez mais. E isto apesar dos outros acharem que nós estamos ficando cada vez mais sós. Nós precisamos de uma solidão como essa, de vez em quando :)

    Muitos beijos para ti
    Jorge

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jorge,^^
      Sim,amar o outro só é possível quando nos encontramos conosco mesmo e adquirimos uma boa relação,a solidão é necessária em determinados momentos.
      Abraço,=)

      Excluir
  18. Suu, bom te conhecer! Obrigada pela sua visita no meu cantinho. Apareça mais vezes. Seu texto nos mostra claramente que devemos arrancar qualquer máscara que o mundo nos quer impor, pois cada um é responsável pela sua felicidade não esperando que alguém traga a felicidade para si! Parabéns pela sua linda participação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi maria Luíza,fico feliz com sua visita.Seja sempre bem-vinda!
      Máscaras uma hora o outra caem e nós devemos alimentar o que nos faz bem e não o que o mundo prega,porque o mundo não conhece a individualidade de cada um.
      Obrigada querida,abraço,=)

      Excluir
  19. Oi Suu, obrigada pela presença lá no meu cantinho amiga!
    Adorei seu texto e acho que todos os comentários deixados aqui acrescentam ainda mais valor a ele.
    Só conseguimos ser feliz no amor qdo aprendemos a nos amar, nos perdoar e nos aceitar...
    Bju amiga
    Ma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ma,
      obrigada pela presença,seja muito bem-vinda ao blog!
      Sim,os comentários enriqueceram ainda mais o texto.
      Ser feliz começa com amar quem somos realmente.
      abraço,=)

      Excluir
  20. Suu, concordo com você: muitas das vezes procuramos problemas onde não existem, e, se não existem, tratamos de criá-los! Com isso parecemos permanentemente insatisfeitos, querendo sempre mais. No fim, se contentar com o que somos e temos é uma arte.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciano,
      Parece comum nos sentirmos insatisfeitos quando na verdade não é,não devemos nos contentar com sentimentos e coisas negativas e sim aprender muito as nossas experiências de vida.
      abraço,=)

      Excluir
  21. Olá,Suu!!

    Belos questionamentos!Li vários posts de amigos que estão participando e o legal é que cada um foca numa parte!
    O que torna mais enriquecedor!
    Bela participação!
    Boa semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vivian,
      fico feliz que tenha gostado,também estou acompanhando os outros colegas e adorando ler cada um dos textos.
      abraço querida,=)

      Excluir
  22. Seu texto me fez lembrar de Vinícius de Moraes:

    "Ouve o mar que soluça na solidão
    Ouve, amor, o mar que soluça
    Na mais triste solidão
    E ouve, amor, os ventos que voltam
    Dos espaços que ninguém sabe
    Sobre as ondas se debruçam
    E soluçam de paixão
    E ouve, amor, no fundo da noite
    Como as árvores ao vento
    Num lamento se debruçam
    E soluçam para o chão"

    O mar existe em seu esplendor, porém mesmo figurando solitariamente, ele não existiria se não houvesse o suporte do chão. A nossa solidão, está enraizada em pensamentos que vão além de nós e refazer esses pensamentos, reconstruir para valorizar o nossa moral, tanto faz bem para nós, quando para aqueles que convivem com nós.
    Precisamos de nossa individualidade para manter o respeito, alegria e prazer de estar junto de outras pessoas, para não alimentar uma relação de dependência, em que um responsabiliza o outro pelo seu bem-estar.
    Suu, não é egoísmo se amar! Se o amor é a raíz de todos os nossos problemas e alegrias, sinal que ele parte de nós! Os nossos ideais estão dentro de nós e não no outro. O outro tem que ser apenas um complemento, uma dádiva que a vida nos dá.
    Boa semana!! Beijus,
    B

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luma,
      amei o comentário,linda poesia de Vinícius!
      Sim,amar a si próprio é o mais belo amor,pois dele partem todos os outros,o outro não deve ser algo em que nos apoiamos e corremos o risco de cair a qualquer momento,tem que ser soma em nossas vidas.
      abração,=)

      Excluir
  23. Sim, há sempre um espaço oco em nós, complicado de preencher de todo.

    Reflectir é bom, sem dúvida.

    Bem haja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário São,
      esses espaços devem existir mesmo,afinal também fazem parte de quem somos.
      abraço,=)

      Excluir
  24. Olá!
    Que belo e verdadeiro texto, gostei muito e acredito tbm que, embora o amor é fundamental em nossas vidas, somos feitos de vazios e solidões. Muito bom. Obrigada pela visita em meu blog, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida,
      Obrigada pela visita e seja muito bem-vinda ao blog!
      solidão e vazio também nos completam,como tudo nessa vida,na medida certa.
      Abraço,=)

      Excluir
  25. Suu, uma participação ímpar!!
    Parabéns!
    Gostoso demais de se ler e dentro de cada frase nos encontrarmos, que foi o que aconteceu comigo.
    Ficou ótimo teu texto, de se tirar o chapéu.

    Beijos de admiração e carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Majoli querida,
      Obrigada pelo comentário,fico bem feliz que tenha gostado!
      Minha admiração e carinho pra vc também que é uma linda poetisa da vida!
      abraço,=)

      Excluir
  26. Concordo contigo também somos o vazio,tenho lido muitos textos que nesta minha fase me tem feito pensar,cheguei à conclusão ser mais fácil deitar para fora ,dividir com estranhos, mas pessoas que me tem dado um pouco de apoio,neste momento em que me sinto tão em baixo,ultimamente dou por mim a perguntar,para que vivo? e porque nasci? esta faço a toda a hora,tento refujiar-me no voluntariado vai para 8 anos e até isso penso abandonar,estou muito cansada...beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida,
      Uma coisa que aprendi aqui no blog é que a gente sempre pode aprender,inclusive com as pessoas que não fazem parte de nossas vidas diariamente,pois essas pessoas também nos ajudam em momentos difíceis.
      Às vezes a vida tem uns momentos de tristeza,mas nada melhor do que acreditar em você mesma e que pode ter alegria novamente.
      Abraço,=)

      Excluir
  27. Suu, adorei o termo "solidão construtiva", pois conheço gente que detesta ficar só, prefere ficar no meio de muita gente para talvez não ter que se encontrar consigo mesma. Prezo muito meus momentos de solidão construtiva :) Parabéns pelo texto, muito boa sua participação :) Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri,
      Obrigada pela visita,seja muito bem-vinda!
      É isso mesmo,certas pessoas buscam se cercar dos outro quando na verdade estão distantes de si mesmas.
      abraço,=)

      Excluir
  28. Oi Suu, gostei muito do seu "questionamento" amiga!
    Também gosto muito de ter meus momentos a sós comigo mesma!
    Geralmente saiu com mais força para continuar...
    Parabéns amiga!
    Marly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Marly,precisamos de cada um desses momentos,pois eles nos fortalecem.
      obrigada,abraço,=)

      Excluir
  29. Oi Suu!

    Antes! Estou dando prosseguimento às visitas ao BC Questionamento.

    Agora, sua participação!

    A solidão pesa sim. Dai, se não partimos de um "Eu me amo!", fica mais difícil de aceitá-la. Ou até em compreendê-la.

    Beijos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida,
      Exatamente,se não nos amarmos,tudo nessa vida fica mais difícil!
      abraço,=)

      Excluir
  30. Eu tb estou adorando participar dessas blogagens e conhecer novas pessoas e fazer novas amizades!

    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre muito enriquecedor!
      abraço Carol,=)

      Excluir
  31. Olá,
    "O tempo foi teu amigo
    Mandava-lhe ventos favoráveis
    Mandava-lhe o orvalho da manhã"...
    (Simone Martins)

    Querida, agradeço o seu gentil comentário e voltei agorinha de uma Missão...
    Vc questiona e reflete com profundidade... isso é muito bom para enriquecer-nos... Obrigada por sua partilha.
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada também pela sua presença aqui no blog querida,
      Essa foi uma blogagem especial pra mim.
      abraço,=)

      Excluir

Que o amor que há em mim chegue até você também!
Obrigada pela visita e volte sempre,que a porta dos sentimentos estará sempre aberta para o seu pensamento!=)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta a página do blog no Facebook

Procurar