O que há por trás do julgamento?!

21:00:00


Prefiro cometer o erro a ser aquele que julga o erro alheio!

Essa ideia de julgar me parece muito injusta,faz com que pessoas não saibam aceitar umas as outras,pois aquele que julga sempre tem a ilusão de estar em um nível acima do que está sendo submetido ao seu julgamento.

Julga-se pela roupa,atitude,modo de pensar,falar,sentir.Pessoas julgam o outro para parecer melhores do que são,como se sua insatisfação ficasse ali naquele canto vazio de sua vida esperando pra atacar,porque fazendo o outro se sentir diminuído você não é mais tão pequeno quanto imagina.

Colocar-se acima dos outros é triunfo,vitória,grande conquista pra alguns.Enquanto que recolher-se ao seu lugar,deixar o outro viver e reconhecer humildade parece torturante.Vemos aí uma clara inversão de valores e um mundo onde pessoas se alimentam de uma "falha" alheia para esconder seu verdadeiro vazio interior.
Suelen Muniz

julgar


" A tua piscina tá cheia de ratos,
tuas ideias não correspondem aos fatos..."
Cazuza

You Might Also Like

24 Pensaram comigo,=)

  1. Olá Suelen!
    É bom vir aqui e refletir com o teu texto, você escreve muito bem menina! Esse julgar... eu não gosto não, mas como é difícil, quando se vê algo, hummm já estamos julgando. Precisamos nos policiar sempre para não sermos injustos. Vivendo e aprendendo sempre. Um lindo domingo pra vc, bjs, Ieda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ieda,
      Obrigada,fico feliz que tenha gostado!
      É difícil não julgar,mas acho que quando olhamos um pouquinho mais pra nós mesmos isso diminui um pouco.
      abraço =)

      Excluir
  2. Suu, para dizer a verdade, não me entra na cabeça julgar ou ser julgado por pessoas iguais. Nossa capacidade de ser imparcial, inexiste. A gente sempre pende por um detalhe que não está em julgamento. Como somos obrigados a julgar e ser julgados conforme as leis, para minimizar os erros seria melhor ser julgado por uma grande assembléia (de preferência incorruptível, rs...rs).
    Suu, eu sou péssimo para fazer julgamentos. Qualquer antecedente de sofrimento ou uma feição bastante simpática, já influencia na minha opinião. Então...
    Beijos
    Manoel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manoel,
      Concordo com você,as pessoas que nos julgam são aquelas que agem da mesma maneira,então qual o sentido disso?!
      Hoje em dia eu estou mais contida sabe,tentando olhar além e muitas coisas na minha cabeça andam mudando.
      Abração =)

      Excluir
  3. Querida Suelen, que texto incrível, quanta reflexão ali contida, adorei e vou compartilhar no Face.
    Fico enternecida com suas visitas e com seu carinho e que verso mais lindo você fez, vou publicar no Blog em destaque minha doce e querida amiga.
    Um beijo em seu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Teresa,
      Obrigada,vi que você compartilhou no face,fico muito feliz com os comentários e o carinho de vocês.
      Que bom que gostou do verso,foi feito com muito carinho!
      um beijo querida =)

      Excluir
  4. Vim te desejar um domingo lindo! Que este mês de fevereiro seja abençoado assim como todos os meses que virão adiante! Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Obrigada!Que esse mês seja melhor que janeiro,que seja mais feliz!
      abraço =)

      Excluir
  5. Que texto, Su!
    Faz uns vinte minutos que o li e ainda estou aqui, pensando sobre o que você escreveu...
    O que está por trás de um julgamento?
    Acho que você respondeu a essa pergunta de uma maneira brilhante: a necessidade de ser superior ao outro, a necessidade de ressaltar defeitos que não são os nossos.
    Necessidade? Bem, talvez seja mais uma opção. A grande verdade é que realmente, a finalidade é apenas esconder o próprio vazio interior.
    Adorei a reflexão!
    Beijos e bom final de domingo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa,
      Sim,eu fico me questionando às vezes e se pararmos pra pensar muitas vezes o que julga só quer ser superior e não mostrar a sua opinião,tem gente que sai julgando sem ter qualquer opinião,apenas pelo prazer de colocar o outro pra baixo e cobrir um pouco do seu vazio.
      Que bom que gostou!
      abraço =)

      Excluir
  6. Suelen tem toda razão..
    É triste quando vemos as pessoas julgando as outras pelo que demonstram por fora sem antes conhecê-los..
    Ontem mesmo ficamos sabendo de uma situação que retratou justamente isso..
    Minha filha mais velha tem alguns amigos que possuem uma opção sexual não muito aceitável na sociedade.. e um dos amigos dela no na sexta-feira foi agredido covardemente quando chegava em casa depois do trabalho.. teve o maxilar quebrado e o rosto está todo machucado..
    Isso me deixou muito triste.. eu adoro os amigos dela.. são muito carinhosos, respeitosos.. rapazes trabalhadores, estudiosos que apenas não são como a maioria dos garotos, possuem uma outra opção, mas nem por isso precisam ser julgados..
    São pessoas de bem, e que sofrem por isso..
    Eu estou muito triste com o acontecido porque os conheço, recebo todos na minha casa e sei que são bons meninos..

    Então julgar alguém sem conhecer e saber o que de bom eles tem por dentro é uma grande ignorância e covardia.

    O que vale mesmo é o que temos dentro de nós.. isso é o que nos tornam pessoas de bem..

    Um beijo carinhoso e uma semana linda viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sheila,
      A intolerância e a falta de respeito são os responsáveis por atitudes como essa que você falou,é realmente um absurdo não se permitir conhecer o outro e agir com violência então,é irracional.
      Você pode não ser como o outro,mas tem que respeitá-lo,afinal só recebemos uma vida pra viver.
      Espero que o amigo da sua filha esteja se recuperando bem!
      Abraço e uma ótima quarta-feira =)

      Excluir
  7. Oi Suelen!

    Penso que julgar seja o caminho mais curto!
    Falo de julgamentos injustos, desses que você retrata tão bem no seu texto.
    Julgar, "apontar o dedo" é uma atitude muito pequena.Muito triste!
    Ver a nós mesmos no outro, é um exercicio de aceitação!
    Eu tento!
    Tenha uma maravilhosa semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jossara,
      Justamente,é como um atalho que não nos deixa conhecer o outro e nos afasta de nós mesmos,porque enquanto perde-se tempo julgando o outro,não olhamos de forma adequada para nós mesmos.
      abraço =)

      Excluir
  8. Suelen, é verdade querida!
    Somos julgados o tempo todo, começa pelas roupas, pelo modo de andar, pelo timbre da voz, pelos bens que possuímos!
    Infelizmente, não somos julgados pelo nosso conteúdo interior, mas simplesmente pela aparência externa!
    É lamentável que isso ocorra, pois nos fechamos em nossos mundos e não confiamos mais em ninguém!!!

    Seu texto retrata a nossa realidade, uma análise do mundo de hoje!
    Muito bem escrito e com fortes argumentos!
    Desejo uma semana de muita paz, como tudo de bom!
    Beijos!!!



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriana,
      É lamentável ver que pessoas incríveis muitas vezes são deixadas de lado pela aparência.
      Esse é o mundo e que vivemos hoje!
      Obrigada,que bom que gostou!
      abraço =)

      Excluir
  9. Quem se preocupa demais com a vida alheia é porque não tem vida própria! Gente que julga? Ahdoro gente que se diz perfeitinha... rs. Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luma,
      É como eu disse,ao olhar pra vida do outro,a pessoa não olha pra si própria.
      Gente que se diz perfeitinha,rsrsrs.
      abraço =)

      Excluir
  10. Querida amiga

    Para cada dedo apontado
    para o outro,
    tantos outros
    apontam para nós...

    Que em teu coração,
    a alegria faça morada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aluísio,
      É bem isso,enquanto você fala do outro,muitos outros falam de você.

      Que na tua vida os sorrisos façam moradia.
      abraço =)

      Excluir
  11. Olá!Bom dia!
    Querida Su
    eu penso que tendemos sempre a estabelecer opiniões e comparações, muitas vezes fazendo julgamentos precipitados dos fatos, sem ouvirmos os dois lados, sem analisarmos o contexto e a situação e, nestes casos há sempre grandes possibilidades de equivocar-nos. Precisamos aprender a observar nossos próprios defeitos antes de apontarmos o defeito alheio, colocarmo-nos no lugar do outro,e, estar isento das perversas intenções de dominação do ego...e é como eu gosto de dizer: tem pessoas que amam ou odeiam somente pelo nome ou foto.
    Meu carinho!
    Bela quarta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felis,
      Isso,temos que ter cuidado com o julgamento que fazemos das pessoas,devemos olhar mais pra nós mesmos e nos permitir enxergar o outro um pouco mais.
      abraço querido,=)

      Excluir
  12. infelizmente ,
    não há que nunca tenha feito
    mesmo que inconscientemente =/

    Um Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniela,
      É verdade,isso acontece sempre,mas o que não podemos é nos fechar na primeira impressão e nem ao menos tentar conhecer o outro.
      abraço =)

      Excluir

Que o amor que há em mim chegue até você também!
Obrigada pela visita e volte sempre,que a porta dos sentimentos estará sempre aberta para o seu pensamento!=)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta a página do blog no Facebook

Procurar