fragmento

17:37:00

Mudar o tom,

trazer a tona o que se passa na ilha mental,
dar nome aos monstros,
ensaio de um quase filme da vida real.

Parto de onde nasci,
morri pra viver,
onde cheguei não sei.
retrato emoldurado dos momentos fragmentados. 

maio,2016

Suelen Muniz




Os textos aqui nem sempre estão na ordem cronológica.Olhando minhas agendas percebi muita coisa que não trouxe pra cá,coisa vivida,sonhada e por aí vai.Sou praticamente uma montanha-russa,rsrs.Então os mais antigos terão mês e ano.Me digam se gostaram da ideia,beijos e abraços =)

You Might Also Like

14 Pensaram comigo,=)

  1. Olá! Linda poesia! Fragmentos, amei! abração

    http://ives-minhasideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ives,
      Obrigada,fico feliz com o comentário.
      Volte sempre
      Abraço =)

      Excluir
  2. Belos fragmentos e a vida é bem assim! bjs, até a volta! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica,
      Obrigada,beijos e até a volta,boas férias =)

      Excluir
  3. Olá,Suelen...boa ideia..., sempre temos pequenos momentos fragmentados, dançando em algum canto da nossa mente, mas, cedo ou tarde , virão à tona,somente não podemos reprimi-los por acharmos que possam deflagrar ou gerar sentimentos de perturbação e sim, como um aprendizado indelével de que se apegarmos ao passado, estaremos destinados a revivê-lo todos os dias,afinal, "a vida é uma tela , onde a cada dia se tem o direito de escolher com que tom deseja pintá-la" ...Belos dias,abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felis,
      Sim,tem tanta coisa por aí,momentos bons e ruins,pedaços da vida ou da imaginação.
      Abraço =)

      Excluir
  4. Lindos fragmentos sobre os momentos que se fragmentam. Adorei, de verdade!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ariana.
      Fico bem feliz quando vocês gostam,obrigada.
      Beijoo =)

      Excluir
  5. Ola,
    Vencedores, vencem as dores
    e os fragmentos são desvendados.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bandys,
      Falou tudo,aliás,tuas frases sempre dizem muito.
      Beijoo =)

      Excluir
  6. Olá, Su, gosto da ideia de trazer as coisas em ordem cronológica, sempre mostram nossa evolução como ser humano e por que não, nossas instabilidades, como bem citou. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia,
      Sim,tem muita coisa que não trouxe porque li e não me vi ali,mas penso se vocês não iriam gostar.
      Na ordem cronológica nos faz perceber isso mesmo.
      Abraço =)

      Excluir
  7. Passei por algo parecido recentemente, sou parecido com tu. Medo da mudança é natural, podemos mudar pra melhor ou pior, sempre teremos que renunciar algo, tem os pros e os contras, Não dá pra fazer uma omelete sem quebrar os ovos. "Área de segurança" o nome já tá dizendo, área de segurança, sair é se arriscar. Só vamos saber se passarmos pra o outro lado, se nos aventurarmos, se não o fizer poderá ficar aquela duvida: "É se eu tivesse tentado, talvez tivesse dado certo?". Se o texto ficou longo? Mas, só escreveu isso? Tava gostando. Para com isso! O blog é seu, escreva um jornal. Adorei vir aqui, foi reconfortante e inspirador. Beijos, Suelen, tu é 10! Cabeça ótima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fábio,gostei muito do teu blog,que bom vê-lo aqui,seja muito bem-vindo!
      Às vezes parece queva gente se acostuma tanto com a zona de conforto que ficamos deitados nela.
      É maravilhoso ler comentários como o teu,fico grata.Escrever é uma coisa tão nossa que encontrar pessoas que se identificam,incentivam e querem nos ler é incrível.
      Obrigada por fazer do meu dia mais feliz =)

      Excluir

Que o amor que há em mim chegue até você também!
Obrigada pela visita e volte sempre,que a porta dos sentimentos estará sempre aberta para o seu pensamento!=)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta a página do blog no Facebook

Procurar