Se enxergar

16:00:00

Ontem à noite fui ao cinema sozinha pela primeira vez.Já fazia um tempo que tinha vontade de fazer isso, mas por vergonha ou sei lá o quê não ia.Na real eu sempre vi o cinema como um lugar pra ir com alguém, se divertir, distrair, enfim.E tenho a impressão que em algum momento nos é passado isso, mas é algo que não posso afirmar.Poder fazer isso foi libertador, se desprender um pouco das amarras que muitas vezes nos colocamos é libertador.

Escolhi Sing pra começar,esperei bastante tempo pra ver esse filme,gosto muito de animações e tenho gostado mais ainda quando elas tem um lado vida real e não aquele mundo encantado distante.
O filme é ótimo,aborda temáticas interessantes,alguns tipos de relacionamentos:como a mãe de família que vive o dia todo para a casa e os filhos,a diferença entre pai e filho,um relacionamento sem estímulo por parte do companheiro e por aí vai.Mas acima de tudo nos fala do valor dos nossos sonhos,da união e que podemos sim fugir um pouco do dia-a-dia,dos padrões e ir em busca de quem queremos ser.Nem sempre é fácil,às vezes é exaustivo e o mundo parece engolir pouco a pouco os nossos sonhos.Mas se há amor e força de vontade aos poucos podemos mudar nossos caminhos.


Tão bom olhar pra si e descobrir que somos capazes,que podemos ir além,que uma palavra nossa pode mudar o dia de alguém.Ter essa consciência é coisa rara.Talvez por isso não sabemos como lidar com isso.

Esses dias uma colega que já faz tempo que não vejo me falou que se identifica com as minhas palavras,que gosta do que escrevo.Fiquei feliz e surpresa ao mesmo tempo,surpresa porque tenho uma coisa esquisita de não achar que o que escrevo é realmente bom ou que pode influenciar de maneira positiva a vida de alguém e feliz porque vocês não imaginam o quanto me identifico com algumas pessoas que escrevem seus textos assim,meio sem pretensão,pra falar ou esvaziar um pouco a mente.E sei como é me identificar com aquelas linhas,me achar nas palavras de outra pessoa,ler um texto e ter a sensação de me sentir ali.

Interessante que às vezes você não faz ideia de quem é você nesse mundo,até que vem alguém e te fala de que você faz diferença sim,do quanto é bom ter a tua presença.Tenho a alegria de ouvir/ler isso dos amigos às vezes e por mais que eu não me veja como sou na maioria das vezes ter um pouco do olhar do outro sobre mim sempre causa essa sensação que eu sinto agora e não sei bem como descrever.

You Might Also Like

6 Pensaram comigo,=)

  1. Que legal que conseguiste vencer a timidez e foste ao cinema sozinha. Sabes que eu também não consigo fazer isso? Parece que fico desasada sozinha,rs... Vim desejar um lindo,abençoado NATAL! Tuuuuuuuuuuuuuudo de bo0m em 2017! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica,
      Foi uma experiência muito boa mesmo.
      Que 2017 seja um ano maravilhoso pra você,com muitas bençãos.
      Beijo =)

      Excluir
  2. Suelen, fico contente em ver que superou-se e saiu sozinha para curtir um bom cinema. Faça isso mais vezes. Também era assim e hoje vou a todos os lugares inclusive viajar sozinha. Foi uma experiência ímpar para mim. Agora quero fazer pelo menos uma vez por ano. A gente vai vendo o quanto de potencial e independência guardamos dentro de nós. Seu blog está lindo!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roseli,
      Sim,acho que quanto mais fazemos coisas diferentes do que estamos acostumadas mais percebemos que ainda há muito a conhecer em nós.
      Ai que legal,tenho muita vontade de viajar sozinha também.
      Obrigada,fico feliz que tenha gostado do design do blog,foi uma luta conseguir deixá-lo assim rs.
      Beijos e um lindo 2017,de muita paz e alegria =)

      Excluir
  3. Olá, Suelen!

    Agradeço pela sua visitinha lá no meu Blog. Só hoje pude vir aqui para conhecer o seu. Gostei muito do seu último texto, e me identifico bastante com algumas coisas. É muito bom a gente quebrar paradigmas, fazer coisas novas, conhecer ambientes diferentes, e até mesmo fazer um programinha só, de vez em quando (rsrs). Muito legal, fazer estas descobertas. Quanto à escrita, ela é muito poderosa, mas, infelizmente não sabemos aonde vamos alcançar, por isso nossa grande responsabilidade ao escrever. Gostei da sua escrita. Fica com Deus e um feliz ano novo! Sempre que puder, volto por aqui.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Socorro,
      É realmente muito bom fazer coisas diferentes,sair um pouco da mesmice e fazer diferente.
      Concordo com você,a escrita é bem poderosa,fico sempre atenta ao que escrevo aqui,pois sei a importância que nossas palavras podem ter.
      Muito obrigada pela visita e o comentário,espero vê-la mais vezes por aqui,seja sempre bem-vinda.
      Que 2017 seja um ano lindo pra você,fica com Deus =)

      Excluir

Que o amor que há em mim chegue até você também!
Obrigada pela visita e volte sempre,que a porta dos sentimentos estará sempre aberta para o seu pensamento!=)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta a página do blog no Facebook

Procurar